Padre Nuno Tovar de Lemos, diretor da instituição, fala em «situação protegida, sossegada, silenciosa»

Faro, 01 jul 2020 (Ecclesia) – A Casa de Retiros de Nossa Senhora do Rosário da Diocese do Algarve apresenta-se no período estival como casa de férias, entre a praia e o campo, de 15 de julho a 15 de setembro, em São Lourenço do Palmeiral.

“Este ano tem mais impacto, por ser um estilo de férias que é mais necessária, ou seja, há muita gente que está com medo com a questão da Covid-19 e dos contágios, por isso, oferecemos esta possibilidade de férias: estando relativamente perto da praia, fica no campo, numa situação protegida, sossegada, silenciosa, sem as grandes confusões de muitos sítios do Algarve”, explicou hoje o padre Nuno Tovar de Lemos, diretor Casa de Retiros de Nossa Senhora do Rosário.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o sacerdote jesuíta adiantou que já têm “reservas” para o período das férias, de 15 de julho a 15 de setembro, nomeadamente “pedidos de famílias com pessoas de várias gerações” e recorda uma reserva “desde miúdos pequeninos até um tio-avô, de uma certa idade”.

“Acaba por ser uma solução simpática porque consegue juntar pessoas de gerações diferentes num ambiente confortável”, acrescentou sobre a casa de retiros que apresenta “duas hipóteses” de alojamento, num apartamento dentro da casa, “numa zona que funciona autónoma, com cozinha, sala, dois quartos”, e para o qual têm “muitíssimos pedidos”, para além dos quartos, “como se fosse um hotel, com refeições ou sem refeições”.

O padre Nuno Tovar de Lemos assinala que a casa “é muito grande, tem mais de 40 quartos”, com diversas tipologias: individuais, de casal e com várias camas.

A Casa de Retiros de Nossa Senhora do Rosário da Diocese do Algarve, em São Lourenço do Palmeiral, localiza-se na União de Freguesias de Alcantarilha e Pêra, perto do litoral e de praias como Armação de Pêra – sete quilómetros – ou Salgados – 12 quilómetros.

A proposta e convite é para usufruir da casa como espaço par as férias, mas o sacerdote jesuíta observa que “a parte espiritual é muito importante”, porque, às vezes, chega-se ao fim das férias “quase tão cansados ou mais cansados do que no início” e ali há oportunidade para ter “um bocadinho de tempo para si e um bocadinho de tempo para Deus”.

A pessoa muitas vezes passa férias num sítio agitadíssimo, com muita gente, onde tem de andar a fazer filas por tudo e por nada, para comprar isto e comprar aquilo, acaba por não ter sequer muito ambiente interior que chama a ter momento de oração e nesse sentido a casa pode ajudar porque apetece e há condições para isso”.

O padre Nuno Tovar de Lemos destaca o espaço exterior da quinta ou “dentro de casa numa capela, no quarto, as vistas bonitas também ajudam e criam condições” para ter o seu tempo “de oração, de estar com Deus”.

“Às vezes, nem é explicitamente oração, é pegar num livro e ir para debaixo de um pinheiro e ler um livro da biblioteca ou que a pessoa traz. Acordar de manhã e dar os bons-dias a Nosso Senhor na capela, às vezes são pequeninos momentos, mas fazem toda a diferença em tempos de férias”, desenvolveu.

A Casa de Retiros de Nossa Senhora do Rosário também esteve fechada por causa da pandemia de Covid-19 e reabriu a 1 de junho.

O seu diretor adianta que, nesta reta final do ano, ainda têm “quatro atividades, a última vai acontecer na próxima semana, retiros, cursos de autoconhecimento”, com uma “afluência muito grande, e estas atividades praticamente todas deixaram pessoas em lista de espera”.

“Da nossa parte houve um esforço grande, como tem havido de todas as instituições em geral, de garantir condições que as pessoas se sintam seguras em termos de utilização de máscaras, quando é que se utiliza, quando é que não se utiliza, em termos das refeições a sala de jantar deu para dispormos as mesas com as distâncias; Chegamos a soluções que as pessoas não se sentem num colete de força mas não há perigo de contágio”, acrescentou.

A casa de retiros da Diocese do Algarve tem um sítio online com as informações para as férias de verão 2020, para além dos contactos de telefone e email: 282 322 324 e casa.retiros@diocese-algarve.org.

CB/OC

Partilhar:
Share