Comunidade de Nossa Senhora de Fátima quer transmitir «esperança e alegria» a transeuntes e vizinhos

Lisboa, 29 nov 2011 (Ecclesia) – A paróquia de Nossa Senhora de Fátima, em Lisboa, vai usar o tempo de Advento, que antecede o Natal no calendário católico, para a realização de ações de evangelização entre vizinhos, amigos e junto da população em geral.

Em declarações concedidas hoje à Agência ECCLESIA, o padre Luís Alberto de Carvalho, pároco local, explica que “a motivação principal é a construção de uma comunidade”, ao mesmo tempo que se procura envolver as pessoas numa dinâmica de Igreja “mais participativa”.

Uma das iniciativas, intitulada ‘Evangelização: O mundo começa no meu prédio’, vai decorrer durante todo o período que antecede o Natal e permitirá também à paróquia traçar “um retrato de quem é a população residente, do ponto de vista religioso”.

Porta a porta, rua a rua, os participantes vão falar com crianças, jovens e adultos, chamando a atenção para a importância de viver a quadra natalícia com “esperança e alegria”.

Para o pároco de Nossa Senhora de Fátima, trata-se de “ajudar a perceber que somos chamados a ser felizes hoje, apesar da crise e das dificuldades, e isso acontece estando em Igreja, em comunidade, participando nela”.

“Poderão sair daqui conversas interessantes e até gente que nós possamos motivar para iniciativas que estamos a desenvolver na paróquia, nas várias áreas da pastoral”, realça o padre Luís Alberto de Carvalho.

Um ponto comum a todos os contactos será o lançamento de um convite à participação na festa de Natal que a paróquia está a preparar para o dia 18 de dezembro.

Antes disso, no dia 6, esta comunidade cristã vai levar o “verdadeiro sentido do Natal” para as ruas, num evento denominado ‘Ir ao presépio’, dirigida a todos aqueles que passam habitualmente pela zona central da capital.

“Em dez locais de maior movimento, sobretudo da hora do almoço até ao final da tarde, vamos ter presépios, com música e mensagens de Natal, convidando as pessoas a deixarem o seu nome, a sua marca”, explica o sacerdote.

Cerca de 80 voluntários já se inscreveram para dar corpo ao evento, que se irá dividir pelas zonas do Campo Pequeno, Universidade Nova, Avenidas Conde Valbom e Júlio Dinis, Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa e ‘El Corte Inglês’, a partir das 12h30.

O ‘presépio’ passa ainda pela Escola 44 (praça Nuno Gonçalves) e Externato Infante D. Pedro, às 16h30; Hospital Curry Cabral (junto às consultas externas) pelas 07h30, e Centro de Arte Moderna da Gulbenkian, às 11h30.

Segundo o padre Luís Alberto de Carvalho, estas duas ações inserem-se no âmbito de uma “Missão Advento” cujas bases foram lançadas há mais de um ano, quando a sua paróquia participou num trabalho de reflexão “muito virado para a Nova Evangelização e para a presença da Igreja na cidade”.

“Este ano talvez o Natal não seja vivido com tantas prendas como em anos anteriores, mas isso não é sinónimo de terem percebido melhor este tempo, o que constitui um desafio maior a anunciarmos esta alegria que só pode vir de Deus”, sustenta.

JCP

Partilhar:
Share