Iniciativas marcam a celebração do Natal nas ilhas do Faial e Terceira

DR

Angra, 21 dez 2019 (ECCLESIA) – A Missa da Aurora, tradição da ilha do Faial, acontece novamente este ano, no dia de Natal, com início pelas 07h00, e a Missa do Galito, na ilha Terceira, destinada às crianças acontece a 24 de dezembro, pelas 18h30.

“Às seis e meia da manhã os sinos repicam; às 7h00 há a celebração da Eucaristia com animação litúrgica e é curioso porque vêm pessoas de freguesias vizinhas e no final há sempre uma lembrança que marca o momento”, disse o pároco Bruno Rodrigues, em declarações ao sítio online Igreja Açores.

A tradição, que faz parte das celebrações da solenidade do Natal, acontece pelo sétimo ano consecutivo e acontece unicamente na paróquia de Santa Bárbara, na freguesia dos Cedros, no Faial.

A Eucaristia tem um guião próprio, reúne cerca de meia centena de participantes e será animada pelo grupo coral da paróquia terminando com o tradicional “beijar do Menino”.

“O ideal seria fazer depois um pequeno almoço comunitário e sentir o Natal de uma forma diferente mas para já temos de garantir que esta iniciativa siga em frente com mais pessoas”, diz o sacerdote.

Pela ilha Terceira no dia de Natal acontece a “Missa do Galito”.

“É uma Missa que mexe com toda a comunidade embora estejam envolvidos sobretudo os catequistas, as crianças e adolescentes e também os escuteiros. Neste momento estamos a fazer ensaios, sobretudo de cânticos, para que a missa seja muito voltada para a juventude” , aponta o cónego Ângelo Valadão, pároco em São Carlos.

Pelo seu horário alternativo, celebrada às 18h30 do dia 24 de dezembro, a Missa foi inicialmente pensada para as crianças, sobretudo da catequese, mas tem merecido a adesão de todos.

“Haverá ainda uma encenação do Natal com um presépio vivo e isso “é uma vantagem”, refere o sacerdote.

SN

Partilhar:
Share