Ludmila Silva tem 21 anos de vida mas os seus olhos querem alcançar mais longe. Dentro de alguns dias vai partir para Cabo Verde, numa experiência chamada «Ponte» que os Jovens Sem Fronteiras organizam proporcionando um mês de missão. Diz ser o tempo suficiente não para fazer tudo, mas para se deixar transformar por uma realidade muito diferente da sua e quando vier testemunhar junto dos seus amigo não católicos que Cabo Verde não são só praia, mas há muitos rostos a precisar de uma presença amiga.

Partilhar:
Share