Viseu, 24 mai 2022 (Ecclesia) – O padre António Baptista Lopes, pároco de Povolide, faleceu esta segunda-feira, aos 83 anos de idade, no Centro Sócio Pastoral da Diocese, onde estava em tratamentos médicos, depois de um curto internamento no Hospital da CUF de Viseu.

“Um sacerdote animado pela fé, amigo de Deus, da Igreja, dos seus bispos, dos sacerdotes, de todas as pessoas que muito estimava e tratava com um afeto singular, próximo dos seus paroquianos a quem serviu com um espírito generoso, alegre e feliz”, destaca o bispo de Viseu, num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

É com “pesar e sentido de profunda gratidão”, que D. António Luciano comunica a toda a diocese a “partida inesperada para a Casa do Pai” do padre António Baptista Lopes, que foi um “zeloso pastor, um servidor da vinha do Senhor até ao fim”.

“Um cuidador próximo dos utentes, dos funcionários, do pessoal técnico e da Direção do Centro Social Paroquial de Povolide, a menina dos seus olhos. Fez da doença o seu caminho de realização e santificação sacerdotal; Que o Senhor o recompense por tão grande exemplo e testemunho de vida humana e sacerdotal”, acrescenta.

O padre António Baptista Lopes faleceu na tarde do dia 23 de maio de 2022, quando se encontrava no Centro Sócio Pastoral da Diocese em tratamentos médicos, depois de um curto internamento no Hospital da CUF de Viseu.

Com 83 anos de idade, era pároco de Povolide, no Arciprestado de Viseu Rural, onde “era muito estimado por toda a comunidade paroquial”.

O sacerdote nasceu a 20 de agosto de 1938, na paróquia de São Pedro de France onde residia, iniciou a formação académica no Seminário Menor de São José, em Fornos de Algodres, e concluiu o curso de teologia no Seminário Maior de Viseu; Foi ordenado presbítero a 4 de agosto de 1963, por D. José Pedro da Silva, Bispo de Viseu.

O padre António Baptista Lopes iniciou o ministério sacerdotal como prefeito e professor no Seminário Menor de São José, “mestre em tantas áreas do saber e da formação intelectual e espiritual”; Foi pároco de São João de Lourosa no concelho de Viseu, e depois de dispensado desse serviço tirou o doutoramento “com distinção” em Arqueologia, na Faculdade de Letras do Porto, onde ficou a lecionar.

D. António Luciano recorda que quando se aposentou como professor da Universidade do Porto regressou à Diocese de Viseu e integrou na vida paroquial, no comunicado publicado online onde agradece a todos os que “o acompanharam ao longo da doença”.

A Missa exequial do padre António Baptista Lopes vai realizar-se esta quarta-feira, dia 25, a partir das 10h00, na igreja paroquial de Povolide, e as cerimónias fúnebres começam pelas 11h30, na igreja de São Pedro de France.

CB/OC

Partilhar:
Share