Edição de Setembro desafia a tomar decisões «corajosas e necessárias» que ajudem a ultrapassar a crise sanitária, social e ambiental»

01 set 2021 (Ecclesia) – O Papa Francisco disse que os jovens “não são tolos” em “empreender projetos de melhoria ambiental e social”, considerando que “estão na vanguarda” em “tudo o que diz respeito ao cuidado do planeta”.

“Nós, adultos, podemos aprender muito com os jovens”, afirmou Francisco na edição do ‘Vídeo do Papa’ do mês de setembro, divulgada hoje pela Rede Mundial de Oração do Papa (RMOP), que tem por tema “um estilo de vida ecossustentável”.

“Aproveitemos o seu exemplo, reflitamos, especialmente nestes momentos de crise, crise sanitária, crise social, crise ambiental, reflitamos sobre o nosso estilo de vida”, alerta o Papa.

Francisco afirma que é necessário refletir sobre a forma como cada pessoa se alimenta, sobre o consumo que faz, a forma como se desloca e o uso que faz “da água, da energia e do plástico e de tantos bens materiais que muitas vezes são prejudiciais à Terra.

“Vamos escolher mudar! Vamos avançar com os jovens para estilos de vida mais simples e que respeitam o meio ambiente”, desafia

“E rezemos para que todos nós tomemos as decisões corajosas, as decisões necessárias para uma vida mais sóbria e ecossustentável, sendo inspirados pelos jovens que estão comprometidos com esta mudança”, afirma.

O Papa lembra que os jovens “estão comprometidos com seu futuro” e, por isso, “querem mudar o que vão herdar” daqui a alguns anos.

“Fico muito feliz em ver que os jovens têm a grandeza de empreender projetos de melhoria ambiental e social, já que as duas coisas caminham juntas”, indicou o Papa

No comunicado da RMOP, enviado à Agência ECCLESIA, afirma-se que “o Vídeo do Papa deste mês integra a celebração anual e ecuménica Tempo da Criação, que decorre entre 1 de setembro (Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação) e 4 de outubro (dia de São Francisco de Assis, padroeiro da ecologia).

O Vídeo do Papa é uma iniciativa da Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração) para difundir as intenções mensais de Francisco sobre os desafios da humanidade e, para além do Vatican Media, conta na edição deste mês com a apoio da empresa de consultoria BIP e a colaboração do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral e do Movimento Laudato si’.

PR

Partilhar:
Share