Missa Crismal foi adiada por causa da pandemia de Covid-19

Viana do Castelo, 09 abr 2020 (Ecclesia) – O bispo de Viana do Castelo escreveu aos padres da diocese do Alto Minho, saudando a “dedicação aos outros” que marca a vida de muitos padres.

“Uma entrega que, no nosso dia-a-dia, se concretiza na dedicação aos outros, incluindo necessariamente os que pertencem à mesma família sacerdotal. Não imagina a alegria que sinto quando vejo esta entrega a realizar-se”, refere D. Anacleto Oliveira, numa mensagem que foi enviada hoje à Agência ECCLESIA.

A pandemia de Covid-19 obrigou ao adiamento da Missa Crismal, nesta Quinta-feira Santa, uma celebração que habitualmente reúne os sacerdotes em volta do bispo diocesano, na Catedral, seguida de momentos de convívio.

“Não posso deixar de, por este meio, transmitir-lhe uma palavra que exprima, mantenha e até reforce a comunhão que nos une e não pode ser condicionada por distâncias ou fronteiras de espécie alguma”, refere o bispo de Viana do Castelo aos padres da diocese.

A carta destaca a “comum pertença ao mesmo presbitério diocesano”, inspirada na figura de Jesus Cristo.

“Não podemos, nesta Quinta-Feira, sentir, de modo fisicamente presencial, a comunhão que nasce e vive desta entrega. Mas procuremos pô-la em prática, neste e noutros dias, de muitos outros modos, designadamente através das redes sociais, como certamente todos já estamos a fazer”, apela D. Anacleto Oliveira.

A mensagem conclui-se com votos de uma “feliz e santa Páscoa”.

OC

Partilhar:
Share