D. João Lavrador divulgou nomeações presbiterais para 2022/23

Foto: Diocese de Viana do Castelo

Viana do Castelo, 18 jul 2022 (Ecclesia) – O bispo de Viana do Castelo divulgou as nomeações presbiterais para o ano pastoral 2022/23, convidando os padres da diocese a “caminhar na sinodalidade”.

“Caminhar na sinodalidade, na comunhão, na participação e na missão partilhada por todos os batizados é o grande desafio pastoral que a todos nos mobiliza e nos abarca”, refere D. João Lavrador, no documento enviado hoje à Agência ECCLESIA.

O responsável católico aponta ainda que “prioridade aos jovens, comunidades verdadeiramente ministeriais e a promoção dos organismos de participação e corresponsabilidade de todos os fiéis cristãos são outras tantas exigências que são colocadas à ação pastoral da Igreja”.

A mensagem destaca a “carência” de sacerdotes para as comunidades católicas.

“Esta é a hora de todos nos sentirmos responsáveis pelas vocações sacerdotais”, indica D. João Lavrador.

O bispo de Viana do Castelo manifesta o seu apreço e de gratidão a todos os sacerdotes que “aceitaram o desafio de nova missão pastoral”.

“Exige desinstalação, mas abre a novas e interpelantes possibilidades de ação pastoral”, acrescenta.

Convido todos os diocesanos a reconhecerem neste ato o seu profundo significado eclesial. Antes de mais em ação de graças pelo dom do sacerdócio que Jesus Cristo oferece à Igreja diocesana, mas igualmente em reconhecer a exigência de cada família, cada comunidade e cada cristão na promoção vocacional, nomeadamente ao ministério sacerdotal”.

A mensagem conclui com nova nota de “muita gratidão e reconhecimento” a todos os sacerdotes que, por razões de saúde ou de idade, deixaram o exercício pastoral nas paróquias que “serviram tão diligentemente”.

“Que o Senhor, o Bom Pastor, compense em graças toda a sua generosidade e dedicação pastoral”, escreve D. João Lavrador.

OC

Partilhar:
Share