Francisco destaca papel das mulheres no anúncio da Páscoa

Cidade do Vaticano, 22 abr 2019 (Ecclesia) – O Papa disse hoje no Vaticano que a ressurreição de Cristo constitui “o acontecimento mais impressionante da história humana”, destacando o papel das mulheres no anúncio da Páscoa.

“Os homens, assustados, estavam fechados no cenáculo. Pedro e João, avisados por Madalena, fazem apenas uma rápida investida, na qual descobrem que o túmulo está aberto e vazio. Mas são as mulheres as primeiras a encontrar-se com o Ressuscitado e a anunciar que Ele está vivo”, realçou Francisco, num encontro com peregrinos na chamada ‘segunda-feira do anjo’, feriado no Vaticano.

O pontífice realçou que a ressurreição “atesta a vitória do amor de Deus sobre o pecado e a morte” e dá à esperança de vida “uma base sólida como a rocha”.

“Aquilo que humanamente era impensável aconteceu”, afirmou, desde a janela do apartamento pontifício, na recitação da oração do ‘Regina Coeli’.

Francisco recordou que “todos os Evangelhos destacam o papel das mulheres”, Maria Madalena e as outras, “como as primeiras testemunhas da ressurreição” de Cristo.

“Tocaram-no, não era um fantasma, era Jesus, vivo”, observou.

O Papa convidou os católicos a ser “anunciadores e testemunhas” desta dimensão central da sua fé.

“Jesus ressuscitado caminha ao nosso lado. Ele manifesta-se àqueles que o invocam e amam. Primeiro de tudo na oração, mas também em simples alegrias, vividas com fé e gratidão. Podemos senti-lo presente também compartilhando momentos de cordialidade, bem-vindo, amizade, de contemplação da natureza”, apontou.

Francisco despediu-se dos peregrinos com votos de “Boa e Santa Páscoa”.

OC

Partilhar:
Share