Igreja Católica assinala festa dos Santos Inocentes

Cidade do Vaticano, 28 dez 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco recordou hoje as crianças, no dia em que a Igreja Católica assinala a festa litúrgica dos Santos Inocentes, pedindo um mundo “mais digno e humano”.

“Acolhamos no Menino Jesus o amor de Deus e vamos empenhar-nos para tornar o nosso mundo mais digno e humano para as crianças de hoje e de amanhã”, escreveu Francisco, na sua conta ‘@pontifex’ da rede social Twitter.

Na sua mensagem de Natal, esta terça-feira, o Papa rezou para que “o Menino pequenino e com frio, que contemplamos na manjedoura, proteja todas as crianças da terra”.

O arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, também recorreu ao Twitter para evocar a festa dos Santos Inocentes: “São as crianças, os indefesos, os inocentes, as primeiras vítimas, as maiores vítimas da maldade humana”.

O texto é acompanhado por várias hashtags: #Inocentes #Martires #EvangelhoDiário #Twittomilia #Aborto #Eutanásia #InterrupçãoVoluntáriadaGravidez.

Três dias depois do Natal, a Igreja Católica celebra a festa dos Santos Inocentes, os meninos que foram mortos em Belém por ordem do rei Herodes.~

“Foram honrados como mártires desde os primeiros séculos da Igreja e primícias de todos os que derramariam o sangue por Deus e o Cordeiro”, realça  Secretariado Nacional da Pastoral Litúrgica.

Sobre o massacre dos inocentes, relatado por São Mateus, o Papa emérito Bento XVI admite, no seu volume intitulado ‘A infância de Jesus’, que não há qualquer referência fora da Bíblia ao facto, mas sublinha que a “maldade” de Herodes faz com essa falta de alusões “não prove que tal delito não tenha sucedido”.

OC

 

Partilhar:
Share