Quarta Conferência da União Europeia e das Nações Unidas sobre a situação no Médio Oriente decorre em Bruxelas

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 30 jun 2020 (Ecclesia) – O Papa recordou hoje, através da sua conta no Twitter, a quarta Conferência da União Europeia e das Nações Unidas para “apoiar o futuro da Síria e da região”, que decorre em Bruxelas.

“Rezemos por este encontro, para que em primeiro lugar esteja o bem dos povos, que necessitam de alimento, de cuidados médicos, de escola e de trabalho”, escreveu Francisco.

O pontífice já se tinha referido a este encontro no último domingo, depois da recitação da oração do ângelus.

“Rezemos por este importante encontro, para que possa melhorar a dramática situação do povo sírio e das populações vizinhas, em particular do Líbano, no contexto de grave crise sociopolítica e económica que a pandemia tornou ainda mais difícil”, pediu.

Com o conflito a entrar no seu décimo ano, a situação na Síria e na região continua a ser “muito crítica”

“A terrível situação humana, com milhões de sírios deslocados internamente ou à procura de refúgio em países vizinhos da Síria, é agora agravada pelas consequências da pandemia de Covid-19”, referem os promotores da quarta Conferência de Bruxelas.

Josep Borrell Fontelles, alto representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, sublinha que “a preocupação imediata é suprir as necessidades humanitárias do povo sírio, trabalhar para implementar um cessar-fogo duradouro a nível nacional e encontrar uma solução política global”.

OC

Partilhar:
Share