E recordou, na Missa na Casa de Santa Marta, o aniversário da descoberta do corpo de São Timóteo

Cidade do Vaticano, 11 Mai 2020 (ECCLESIA) – O Papa Francisco rezou, hoje, na Casa de Santa Marta pelos que sofrem porque perderam o emprego neste período pandémico e recordou o aniversário da descoberta do corpo de São Timóteo, na Catedral de Termoli (região italiana de Molise).

Na homilia, o Papa argentino afirmou que “o Espírito Santo ajuda-nos a compreender sempre mais aquilo que Jesus disse: a doutrina não é estática, mas cresce na mesma direção” e dirigiu o seu pensamento aos desempregados.

Na introdução, recordou o 75º aniversário da descoberta do corpo de São Timóteo, encontrado na cripta da Catedral de Termoli, durante os trabalhos de restauração em 1945, e sublinhou que “muitas pessoas perderam o emprego, não foram readmitidas, trabalhavam sem contrato”.

A fé “não é uma coisa estática”, a doutrina “não é uma coisa estática: cresce sempre, mas cresce “na mesa direção”, disse o Papa Francisco.

LFS

 

Partilhar:
Share