Francisco reza pelas 317 meninas e suas famílias

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 28 fev 2021 (Ecclesia) – O Papa rezou hoje pelas estudantes que foram sequestradas por homens armados, na noite de quinta para sexta-feira, no Estado de Zamfara, noroeste da Nigéria.

“Uno a minha voz à dos bispos da Nigéria, para condenar o vil sequestro de 317 meninas, tiradas da sua escola”, disse, desde a janela do apartamento pontifício, após a recitação da oração do ângelus.

Francisco convidou os peregrinos reunidos na Praça de São Pedro a rezar com ele uma Ave-Maria, pedindo a proteção de Nossa Senhora para as vítimas.

“Rezemos por estas meninas, para que possam regressar em breve a casa. Estou próximo das suas famílias e delas”, declarou.

Dezenas de homens armados invadiram os dormitórios de uma escola feminina no noroeste da Nigéria e mais de 300 alunas foram dadas como desaparecidas; esta é uma situação que se tem repetido nos últimos anos, por causa da ação violenta de grupos armados.

António Guterres, o secretário-geral das Nações Unidas, condenou “nos termos mais fortes” este sequestro, através do seu porta-voz.

“As escolas devem ser sempre um lugar seguro para aprender sem medo da violência”, afirmou Stéphane Dujarric, em conferência de imprensa.

OC

Partilhar:
Share