Francisco fala em «dom e chamamento» para cada católico

Foto: Agência ECCLESIA/Arlindo Homem

Cidade do Vaticano, 01 nov 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco assinalou hoje no Vaticano a solenidade litúrgica de Todos os Santos, elogiando aqueles que na Igreja Católica viveram a santidade no seu dia a dia, ao longo da história.

“É importante assumir um compromisso diário e sério com a santificação nas condições, deveres e circunstâncias da nossa vida, tentando viver tudo com amor, com caridade”, declarou, deste a janela do apartamento pontifício, perante milhares de peregrinos reunidos para a recitação do ângelus, na Praça de São Pedro.

“A solenidade de Todos os Santos recorda-nos que todos somos chamados à santidade”, acrescentou.

Francisco destacou que os modelos de santidade que a Igreja Católica propõe aos seus fiéis “não são simplesmente símbolos, seres humanos distantes, inacessíveis”.

Pelo contrário, são pessoas que viveram com os pés no chão; eles experimentaram o cansaço diário da existência com os seus sucessos e fracassos, encontrando no Senhor a força para se levantarem, sempre, e continuarem a jornada”.

O Papa falou da santidade como “dom e chamamento”, que leva a “viver em plena comunhão com Deus, já agora, durante a peregrinação terrestre”.

“É o caminho da plenitude que cada cristão é chamado a percorrer, na fé, seguindo em direção à meta final: a comunhão definitiva com Deus na vida eterna”, precisou.

Francisco convidou os católicos a “olhar para o céu” sem “esquecer as realidades da terra”.

Após a oração, o Papa saudou os atletas que participaram na “Corrida dos Santos”, organizada pela fundação ‘Missões Don Bosco’, dos Salesianos, e agradeceu a todos os que, nas paróquias e comunidades católicas, “promovem iniciativas de oração para celebrar todos os santos e comemorar os mortos”.

“Estas duas festas cristãs lembram-nos o vínculo entre a Igreja da terra, que somos nós, e a do céu, entre nós e os nossos entes queridos que passaram para a outra vida”, precisou.

Francisco despediu-se com votos de “boa festa na companhia espiritual dos santos”.

OC

 

1 de novembro: Feriado nacional no dia em que a Igreja Católica evoca Todos os Santos

Partilhar:
Share