Missa decorreu na Basílica de São Pedro

Cidade do Vaticano, 12 dez 2019 (Ecclesia) – O Papa presidiu hoje no Vaticano à Missa da festa litúrgica de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina, que evocou como “mãe” da região.

Na homilia da celebração, Francisco falou da Virgem Maria como “mulher”, “mãe” e “mestiça”.

“Maria é mãe, mãe do seu filho e da Santa Mãe Igreja hierárquica, e é mestiça, mulher dos nossos povos que tornou mestiço também Deus”, precisou, numa intervenção divulgada pelo portal de notícias do Vaticano.

A reflexão abordou o papel das mulheres na Igreja Católica, pedindo que se supere uma visão funcionalista.

“Maria é a nossa mãe, a mãe dos nossos povos, a mãe de todos nós. Ela é a mãe da Igreja, e é mãe do nosso coração. Alguns Padres [da Igreja] dizem que o que se diz de Maria também se pode dizer da nossa alma, porque a Igreja é feminina e a nossa alma tem a capacidade de receber a graça de Deus”, indicou, numa intervenção improvisada, em espanhol.

A celebração foi animada pelo coro do Pio Colégio Latino-Americano, juntamente com o da Capela Sistina, numa Basílica de São Pedro marcada pelo colorido dos trajes tradicionais mexicanos.

OC

Partilhar:
Share