Francisco recordou primeira mensagem de um Papa na TV, há 70anos

Cidade do Vaticano, 21 abr 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco presidiu hoje na Praça de São Pedro à Missa do Domingo de Páscoa, no Vaticano, antecedendo a tradicional mensagem e bênção ‘Urbi et Orbi’.

A celebração iniciou-se, como é tradição desde 2000, com o rito do ‘resurrexit’ (ressuscitou), que prevê a abertura dos painéis laterais do ícone do Santíssimo Salvador, ao canto do “Aleluia”.

Este rito, perdido durante vários séculos, era realizado antigamente na Basílica de São João de Latrão, em Roma, da qual o Papa partia em procissão para a Basílica de Santa Maria Maior, onde celebrava a Missa.

A Missa não teve concelebrantes e depois da proclamação do Evangelho – em latim e grego – não existiu a habitual homilia, dado que o Papa vai depois dirigir a sua mensagem de Páscoa, antes da bênção ‘Urbi et Orbi’ [à cidade (de Roma) e ao mundo].

A Praça de São Pedro foi adornada, como acontece há mais de 30 anos, com flores e plantas procedentes da Holanda.

No final da Missa, o Papa deslocou-se para a varanda central da Basílica de São Pedro, para a bênção à cidade de Roma e ao mundo, a mensagem e as saudações pascais.

Após a recitação da oração do Regina Coeli (que no tempo pascal substitui o ângelus), Francisco convidou os católicos a ir ao encontro da “solidão, da miséria, da dor” de tantas pessoas, afastando a “pedra da indiferença”.

O Papa renovou os votos de “boa Páscoa” a todos os que acompanharam as celebrações, no Vaticano e através dos media, recordando que, precisamente na Páscoa de 1949, um pontífice falava pela primeira vez na televisão.

Pio XII dirigia-se então aos telespectadores franceses, sublinhando o potencial de encontro “de um novo meio de comunicação”.

“Este aniversário dá-me a oportunidade de encorajar as comunidades cristãs a utilizar todos os instrumentos que a técnica coloca à sua disposição para anunciar a boa notícia de Cristo ressuscitado. Para comunicar, não só para contactar”, disse Francisco.

Ao início da manhã, o Papa deixou uma nova mensagem na sua conta da rede social do Twitter, em nove línguas, a respeito da Páscoa.

“Hoje contemplamos o sepulcro vazio de Cristo e ouvimos as palavras do anjo: “Não temais! Ressuscitou!” #Páscoa”, escreveu.

A Páscoa assinala a ressurreição de Jesus e é a festa mais importante do calendário litúrgico da Igreja Católica.

OC

Notícia atualizada às 11h30

Partilhar:
Share