Ucrânia: Volodymyr Zelensky agradeceu esforços do Vaticano em favor da paz

Francisco e presidente ucraniano encontraram-se à margem da cimeira do G7

Foto: Vatican Media

Borgo Egnazia, Itália, 14 jun 2024 (Ecclesia) – O Papa e o presidente da Ucrânia encontraram-se hoje na localidade italiana de Borgo Egnazia, numa audiência privada, antes da participação de Francisco na cimeira do G7.

Volodymyr Zelensky recorreu às redes sociais para abordar o teor do encontro, no qual apresentou “as consequências da agressão russa, o seu terror aéreo e a difícil situação energética”.

“Discutimos a Fórmula da Paz, o papel da Santa Sé no estabelecimento de uma paz justa e duradoura e as expectativas para a Cimeira Mundial da Paz” que vai decorrer na Suíça, indicou o presidente ucraniano.

Zelensky agradeceu a presença da Santa Sé no encontro, a 15 e 16 de junho em Burgenstock, destacando os “esforços no sentido de chegar à paz, nomeadamente o regresso das crianças ucranianas raptadas pela Rússia”.

Francisco deslocou-se à Apúlia, a convite do Governo italiano, tornando-se o primeiro Papa a participar cimeira do G7, num programa que inclui audiências privadas com dez responsáveis internacionais, incluindo os presidentes Zelenskyy, Macron, Biden e Lula da Silva.

Foto: Vatican Media

O grupo dos sete países mais industrializados do mundo (G7) é constituído pelos Estados Unidos da América, a Alemanha, a França, o Canadá, a Itália, que, atualmente, preside ao grupo, o Japão e o Reino Unido.

O Papa, que foi recebido pela primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, saudou os líderes do Fórum Intergovernamental do G7, a quem apresentou uma reflexão sobre os “efeitos da inteligência artificial no futuro da humanidade”.

Após todas as intervenções da sessão comum tem lugar a foto oficial com os participantes, pelas 17h30.

Francisco vai ainda encontrar-se com William Samoei Ruto, presidente do Quénia; Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia; Joe Biden, presidente dos EUA; Lula da Silva, presidente do Brasil; Recep Tayyip Erdogan, presidente de Turquia; e  Abdelmadjid Tebboune, presidente da Argélia.

OC

G7: Papa desafia líderes mundiais a travar uso autónomo da inteligência artificial em cenários de guerra

Partilhar:
plugins premium WordPress
Scroll to Top