Ação responde a danos provocados por incêndios de 2016

Sardoal, 24 fev 2017 (Ecclesia) – A Câmara Municipal do Sardoal vai entregar hoje as chaves da “primeira habitação reconstruída” depois dos incêndios florestais de 2016.

Este é o primeiro ato de “uma operação coordenada pelo Ministério da Administração Interna e pela Cáritas Portuguesa” através da qual foram recebidos e aplicados donativos provenientes de cidadãos, angariados pela Cáritas Portuguesa, da Embaixada dos Estados Unidos da América e ainda da República de Timor Leste, assina um comunicado enviado à Agência ECCLESIA pelas organizações promotoras do evento.

Nesta cerimónia vão estar presentes o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, o presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca e da Cáritas de Portalegre e Castelo-Branco, Elicídio Bilé, e o presidente da Câmara Municipal do Sardoal, António Miguel Borges.

Os distritos abrangidos por este apoio financeiro de cerca de 400 mil Euros são Santarém, Aveiro, Vila Real, Guarda, Viseu e Viana do Castelo.

Do total da verba angariada resultaram as seguintes intervenções: “Reconstrução e recuperação de seis casas de 1ª habitação, num investimento de 211 mil Euros” “reabilitação e recuperação de pequenas empresas e de equipamentos oficinais num investimento de 56 milEuros”; e “apoio a 180 produtores de gado, para aquisição de alimentação dos animais (6244 cabeças de gado) no valor de 130 mil Euros”, refere a nota.

Esta operação de “recuperação e reconstrução de casas de 1ª habitação continua” e “pretende-se prestar contas à população que contribuiu, através de donativos à Cáritas Portuguesa, no apoio às vítimas dos incêndios florestais de 2016”, acrescenta o comunicado.

LFS

Partilhar:
Share