José Luís Nunes Martins

Muitos querem ser grandes, mas poucos se dispõem a fazer o que é necessário para serem diferentes dos seus semelhantes. Passam o tempo a olhar para baixo e a considerarem-se maiores do que este ou aquele, em vez de olharem para cima e se aplicarem em chegarem mais alto.

Devem aceitar-se as derrotas, as desgraças e os fracassos. Sempre. Não como falhas ou penalizações, mas como degraus que nos importa integrar a fim de chegarmos mais alto. Só quem se aceita como pequeno pode superar-se.

Escuta com atenção as críticas, pois mesmo quando são injustas e maldosas, há sempre nelas algo que importa reter. Quantas vezes o simples facto de estarmos a conseguir alcançar metas mais invulgares faz com que haja quem se revolte connosco? Ser grande implica poder ser incompreendido.

Há quem prefira o aplauso das multidões, mas, para isso, não podem destoar, têm de tocar a mesma música que todos os outros… ser grande é ter de ir por onde poucos ousam.

Ser grande é ser um solista na vida, mas não para aplausos dos outros. Apenas dos que são melhores do que ele.

Não sejas exigente com ninguém senão contigo mesmo. Mas perdoa-te sempre, de forma honesta. Perdoar-se é essencial para que te ergas depois de uma queda. Nunca uma pessoa deixou de ser grande só porque caiu.

Lembra-te de que ninguém é grande em tudo, nem durante todo o tempo. Aproveita as oportunidades ou cria-as, sempre que não as houver. Começa com o que tiveres ao teu dispor. Um passo, um gesto, um sorriso. Decide-te a agir, ainda que seja algo muito pequeno. Nada de grande se faz sem começar por ser quase nada… é a fé que te há de manter no caminho certo, nunca uma certeza.

Acredita em ti e não fujas das tempestades. São elas, mais do que tudo o mais, que te hão de fazer crescer, assim saibas reconhecer a tua pequenez.

A humildade não é uma virtude de nos considerarmos pequenos quando somos grandes. A humildade é a verdade absoluta que nos ensina que, por maiores que sejamos, nunca deixaremos de ser pequenos.

Procura compreender o coração dos mais pequenos, trabalha com eles e para eles e… serás grande.

 

Partilhar:
Share