Baga, 07 abr 2020 (Ecclesia) – O projeto online ‘Passo-a-Rezar’, ligado aos Jesuítas, propõe textos da liturgia e meditações da Comunidade Ecuménica de Taizé para acompanhar o Tríduo Pascal – a Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor – de 9 a 12 de abril.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, a Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal  informa que as meditações de Taizé são do fundador da comunidade, o irmão Roger Schutz, e do atual prior, o irmão Alois Löser.

A comunidade ecuménica de Taizé nasceu a 20 de agosto de 1940, começou por acolher perseguidos políticos, judeus e mais tarde prisioneiros alemães, e foi fundada por Roger Schutz (1915-2005), um jovem pastor protestante suíço.

Os textos para o Tríduo Pascal 2020 foram compilados e organizados por Alzira Fernandes e gravados pela locutora Maria Helena Falé e o jornalista Paulo Nogueira, da SIC.

Com esta proposta, o ‘Passo-a-Rezar’ apresenta uma proposta diferente para o Tríduo Pascal para “ajudar” os seus utilizadores a “aprofundar espiritualmente” os dias centrais do calendário católico.

Num ano em que não há celebrações comunitárias da Semana Santa e Páscoa, o ‘Passo-a-Rezar’ quer ajudar as pessoas que estão em casa, sós ou em família, “a viver este tempo com maior sentido e profundidade” na oração, solidariedade espiritual e serviço silencioso.

A Rede Mundial de Oração do Papa – Portugal convida os seus utilizadores a unirem-se ao mistério da Paixão de Jesus em tantas pessoas que “hoje sofrem”, pedindo que rapidamente cheguem “à alegria da Páscoa”.

O ‘Passo-a-Rezar’ é um projeto online que oferece propostas diárias de oração chega semanalmente a 85 mil pessoas em Portugal e noutros países de língua portuguesa e celebrou o 10.º aniversário a 17 de fevereiro.

A plataforma, presente num site, aplicação móvel, redes sociais e newsletters, contou com 2 milhões e 300 mil ‘plays’ (cada play corresponde a uma oração ouvida) e 660 mil downloads, em 2019.

CB/OC

Partilhar:
Share