D. José Traquina apela ao cuidado com a Pastoral dos Batismos

Foto: Lusa

Santarém, 25 fev 2020 (Ecclesia) – O bispo de Santarém anunciou que as comunidades católicas da diocese vão ajudar a ajudar população de Pemba, em Moçambique, atingida pelas cheias de 2019, com os donativos recolhidos durante a próxima Quaresma.

“A Renúncia Quaresmal de 2020 será destinada à missão de Pemba (Moçambique). É lá que se encontra o Padre Ricardo Marques, sacerdote missionário da Boa Nova, natural da nossa Diocese (Moita do Norte – Vila Nova da Barquinha), Vigararia de Entroncamento”, indica D. José Traquina, na sua mensagem para a Quaresma deste ano, enviado à Agência ECCLESIA.

O objetivo é que os missionários possam “dar apoio às muitas pessoas atingidas pelas cheias e que se encontram sem residência”, na localidade moçambicana.

Em 2019, a Diocese de Santarém, orientou a sua Renúncia Quaresmal para as necessidades das pessoas assistidas pela Cáritas da Venezuela, reunindo 14 mil euros.

A Quaresma é um tempo de 40 dias que tem início esta quarta-feira com a celebração de Cinzas, marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário cristão.

D. José Traquina fala num “tempo de conversão e recuperação para a vida cristã, daqueles que se afastaram da comunhão com Cristo e com a sua Igreja”.

O responsável católico sublinha, em particular, o cuidado da Pastoral dos Batismos, incluindo o Catecumenado de Adultos, com catequeses específicas.

A diocese portuguesa vai aderir à iniciativa ‘24 horas para o Senhor’, proposta pelo Papa Francisco como tempos especialmente dedicados à oração, à Penitência e à celebração da Eucaristia, este ano de 20 para 21 de março.

OC

Partilhar:
Share