Mais de 1800 alunos salesianos em quatro dias de competição saudável na cidade do Porto

Gondomar, Porto, 07 mai 2019 (Ecclesia) – Os Jogos Nacionais Salesianos levaram ao Porto e a Gondomar 1800 atletas, alunos das escolas Salesianas de Portugal e Cabo Verde, onde segundo o provincial “todos venceram”.

“É possível. Vencemos quando nos vencemos. Porquê? Porque podemos derrotar tudo o que nos entristece e diminui e vencer quando damos o melhor que temos, nestes Jogos e na vida”, disse o padre José Aníbal Mendonça, na abertura dos Jogos Salesianos.

O provincial dos Salesianos acrescentou, em declarações à Agência Ecclesia, que estes encontros apontam a uma “relação educativa de confiança”.

“Antes de mais pretende cimentar uma relação educativa através da confiança e por isso o clima de encontro informal, da festa, da alegria e amizade são ingredientes necessários para estabelecer esta relação”, referiu.

Para o aluno João, que gosta de “jogar em equipa”, ou para o Vicente, que gosta é de “conviver”, foram quatro dias de competição saudável, nas várias modalidades.

Uma das maiores iniciativas desportivas em Portugal a congregar alunos das escolas Salesianas de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora, é assumida como um espaço privilegiado, uma oportunidade de juntar escolas e passar aos alunos a noção de grande família que é a comunidade educativa salesiana.

“Em primeiro lugar o convívio entre atletas das casas salesianas e o desporto é o pretexto para estar juntos, para fazer a festa e para educar. Todos valores que o desporto tem são indiscutíveis, e não é um fim em si mesmo mas é para chegar mais longe”, disse o padre salesiano José Cordeiro à Agência Ecclesia.

Também o padre Álvaro Lago, responsável pela pastoral juvenil salesiana, aponta esta iniciativa como uma “partilha de vidas”.

“Todo este dinamismo de grupo, de equipa, de aprendizagem conjunta e partilha de vidas é uma riqueza de tal ordem associada ao desporto, que profundamente educamos, graças a bons educadores e adultos que temos connosco, para que eles realmente cresçam com toda a sua vitalidade”, referiu à Ecclesia.

Da província de Cabo Verde, da Escola Salesiana de S. Vicente, vinha uma delegação pela quarta vez, acompanhados por Francisco Almendra.

“É a quarta vez que esta delegação participa nos jogos salesianos e para eles é tudo novidade; fazemos acordos e compromissos com eles no sentido de fazerem por merecer vir e melhorar um bocadinho o rendimento social e escolar”, contou.

HM/SN

Partilhar:
Share