Francisco foi à Cúria Geral dos Jesuítas, no dia em que celebrou 50 anos de ordenação sacerdotal

Roma, 13 dez 2019 (Ecclesia) – O Papa visitou hoje a Cúria Geral da Companhia de Jesus, no dia em que celebrou os 50 anos da sua ordenação sacerdotal, para apresentar a obra “Escritos” do padre Angel Fiorito, jesuíta argentino falecido em 2005.

O religioso formou várias gerações de jesuítas e é considerado por Francisco como um dos seus mestres espirituais.

“São escritos que fazem um grande bem a toda a Igreja, estou convencido disso”, referiu o Papa, a respeito da recolha de mais de 2 mil páginas, publicadas em cinco volumes pela revista ‘La Civiltà Cattolica’.

No prefácio da coleção, Francisco evoca “um homem de diálogo e escuta”, que recorda como “pai amoroso, mestre paciente e adversário firme” quando necessário, “mas sempre respeitoso e leal, nunca inimigo”.

OC

Partilhar:
Share