Cerca de 50 Animadores Missionários pertencentes a 20 Institutos ‘Ad Gentes’ (ANIMAG) realizaram, de 20 a 23 de Novembro, o seu Encontro /Assembleia Anual no Centro Paulo VI, em Darque, Diocese de Viana do Castelo. Vindos de todo o país, avaliaram os compromissos do ano de pastoral, realizaram eleições, apostaram na formação e tentaram conhecer um pouco melhor a realidade da Diocese que os acolheu, programaram as iniciativas missionárias conjuntas para o novo ano. ‘Portugal, vive a Missão, rasga horizontes’ foi o tema geral do Encontro, o mesmo tema que vai congregar Portugal inteiro em Fátima, em Setembro de 2008, por ocasião do Congresso Nacional Missionário. A manhã do dia 21 foi de formação, com uma conferência do teólogo João Duque, leigo desta Diocese que é Professor de Teologia na Universidade Católica em Braga e no Porto. Falou das características religiosas de Portugal e da sua tradição missionária, apontando alguns desafios de futuro. Depois, o P. Manuel Durães Barbosa, director das Obras Missionárias Pontifícias, apresentou aos Animadores Missionários o projecto do Congresso 2008 e proporcionou um tempo de debate sobre a caminhada a realizar até lá. Os Superiores Provinciais e as Provinciais dos Institutos Missionários ali representados vieram a Darque para falarem da Missão conjunta que se faz em Portugal e para se comprometerem a apoiar as Semanas Missionárias e outros eventos. Também confirmaram o total apoio à organização e realização conjunta da Peregrinação a Fátima, a 6 de Julho de 2008, bem como apostaram num empenho reforçado na preparação do Congresso Missionário. Dia 22 foi de conhecimento da Diocese, para imersão na realidade eclesial e cultural, com um passeio até Monção onde os Animadores Missionários foram recebidos pelo Presidente da Câmara. O autarca apresentou o município e disponibilizou um autocarro que percorreu o concelho dando a conhecer a terra com o seu ex-libris, o vinho Alvarinho. O ponto alto desta visita ao Alto Minho foi proporcionado pelo P. Américo Alves e as comissões de fábrica da Barbeita e de Merufe. Os Missionários puderam visitar a Igreja Paroquial de Barbeita e o Centro Social, onde foi oferecido um almoço e um jantar, tendo ainda oportunidade de visitar a Provam, empresa local que comercializa Alvarinho. O dia 23 proporcionou uma avaliação de todo o trabalho missionário conjunto, realizado em todo o Portugal, onde foram destacadas as Semanas Missionárias de Boticas (Vila Real), Vila do Andorinho (Porto), Anadia (Aveiro), Silves (Algarve), estando a iniciar-se uma em Óbidos (Lisboa). A manhã final foi confiada a D. José Pedreira, Bispo de Viana do Castelo, que abordou o tema ‘Diocese de Viana, vive a Missão’. Partiu de dois documentos diocesanos, um sobre os 25 anos da Diocese (2002) e ‘Exortação pós-Sinodal’ (2005) para dali destacar as referências à dimensão missionária. Lembrou que Viana do Castelo é generoso com a Missão, quer nas vocações, quer nos apoios financeiros, não só no Dia Mundial das Missões mas também nas Renúncias Quaresmais. D. José prometeu mobilizar a Diocese para uma participação efectiva no Congresso Nacional Missionário e mostrou-se feliz com a disponibilidade do ANIMAG para organizar Semanas Conjuntas em Viana do Castelo. Na Eucaristia de Encerramento, foi evocada a Idalina Gomes, leiga missionária morta em Moçambique durante a Assembleia Anual dos ANIMAG 2006, o que permitira a participação de todos no funeral realizado em Aguiar da Beira. O P. José Luís Pimenta, Verbita, foi reeleito como presidente dos Animadores Missionários Ad Gentes (ANIMAG) e apontou as baterias dos Animadores Missionários para o grande evento da Igreja portuguesa em 2008, o Congresso Nacional Missionário. Tony Neves

Partilhar:
Share