«Deixemo-nos atrair pelo espanto, da presença de Deus em nossas vidas» foi o tema da reflexão

DR

Lisboa, 04 mar 2020 (Ecclesia) – A Liga Operária Católica – Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC-MTC)  da Diocese de Lisboa promoveu um retiro de Quaresma, no último domingo, sobre o tema “Deixemo-nos atrair pelo espanto, da presença de Deus em nossas vidas”.

“Não percamos a capacidade de nos espantar, perante aqueles que mais sofrem; tenhamos a coragem de descer, até aos sítios onde moram os problemas dos homens e mulheres do nosso tempo, principalmente os do mundo do trabalho e com eles, sentirmo-nos espantados pela presença de Deus, nos lugares onde mora a precariedade e a pobreza”, pode ler-se nas conclusões, enviadas à Agência ECCLESIA.

Reunidos no Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora do Amparo, em Benfica, no patriarcado de Lisboa, os membros da LOC-MTC de Lisboa tiveram a reflexão quaresmal com o diácono José Maria Carneiro da Costa, também assistente da LOC/MTC da Diocese de Braga, que destacou excertos da mensagem de Quaresma do Papa Francisco.

O dia encerrou-se com celebração da Eucaristia presidida pelo assistente diocesano, padre Mário Faria Silva.

Liga Operária Católica/Movimento dos Trabalhadores, que está presente em várias dioceses portuguesas, é um movimento “especializado da Ação Católica” que, pela “vivência e pelo testemunho” da mensagem cristã, no seio dos trabalhadores, situa-se na dinâmica da vida operária, “participando na caminhada solidária dos trabalhadores que buscam a justiça e a sua promoção coletiva”.

SN

 

Partilhar:
Share