Diocese das Forças Armadas e de Segurança acolhe peregrinação da cruz e do ícone de Nossa Senhora neste mês de dezembro

 

Foto: CMPV/José Carlos Marques

Póvoa de Varzim, 23 dez 2022 (Ecclesia) – Os militares e civis da Escola dos Serviços do Exército Português, na Póvoa de Varzim, receberam os dois símbolos da Jornada Mundial da Juventude, esta quinta-feira, dia 22 de dezembro.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, o padre Guilherme Peixoto, major do Serviço de Assistência Religiosa do Exército, destaca que a receção dos símbolos foi feita à Porta de Armas, com o Destacamento da Banda do Exército – Porto, seguindo em procissão para o Auditório Brigadeiro Areias Peixoto.

No auditório, a Cruz e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani foram recebidos pelos Coros Infantis de Pequenos Cantores de Amorim e Laúndos, da Póvoa de Varzim, com a maestrina Liliana Sofia Coelho, e o pianista acompanhador David Baptista Pereira, onde interpretaram também o hino da JMJ Lisboa 2023.

Esta visita dos símbolos foi presidida pelo bispo das Forças Armadas e de Segurança, D. Rui Valério, e contou com a presença do comandante da Escola dos Serviços, coronel António Manuel Jesus Coelho dos Santos, do vice-presidente do Município da Póvoa de Varzim, Luís Diamantino Batista, entre outras entidades militares, civis e religiosas.

A nota informa que D. Rui Valério destacou “as palavras positivas, o carinho e estima especial” do Papa Francisco relativo às Forças Armadas, explicando que tem sido “promotor de uma conceção sobre a paz que está em perfeita consonância com a missão das Forças Armadas Portuguesas”.

“Juntamente com a componente de manutenção de paz, existe a atenção com os mais carenciados, a atenção para com as escolas, as diversas campanhas de angariação de meios de apoio às comunidades onde estas estão presentes”, referiu, informa o capelão Guilherme Peixoto.

Sobre os dois símbolos, o bispo das Forças Armadas e de Segurança explicou que são “o retrato dos valores” que esta instituição militar tem: A camaradagem, a esperança, a família, mas sobretudo valores do serviço, e a Cruz é o símbolo por excelência do serviço.

A cruz e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani estão a percorrer as dioceses católicas portuguesas, até à JMJ Lisboa 2023, que se realiza de 1 a 6 de agosto, e até ao próximo dia 29 de dezembro estão a peregrinar na Diocese das Forças Armadas e das Forças de Segurança.

CB

Partilhar:
Share