Marcelo Rebelo de Sousa diz que o antigo arcebispo de Braga é um «exemplo» para os crentes e um «orgulho» para «todos os portugueses»

Lisboa, 06 jul 2019 (Ecclesia) – O presidente da República congratulou-se com a canonização de Frei Bartolomeu dos Mártires e afirmou que o antigo arcebispo de Braga é um “exemplo” para os crentes e um “orgulho” para “todos os portugueses”.

“Um exemplo a seguir pelos crentes e um orgulho para todos os portugueses. É nesse sentido que o Presidente da República se congratula com a próxima canonização do Beato Frei Bartolomeu dos Mártires”, escreveu Marcelo Rebelo de Sousa numa mensagem publicada na página da internet da Presidência da República.

“A decisão de Sua Santidade o Papa Francisco, hoje anunciada, sublinha também a relevância para a Igreja Católica deste Arcebispo de Braga que contribuiu, no Concílio de Trento, para a evolução da própria Igreja”, acrescenta Marcelo Rebelo de Sousa.

De acordo com um comunicado divulgado hoje pela Sala de Imprensa da Santa Sé, o Papa Francisco estendeu a toda a Igreja o culto litúrgico a Frei Bartolomeu dos Mártires, inscrevendo-o no livro dos santos dos santos por canonização equipolente.

Em janeiro de 2016, o Papa Francisco já tinha autorizado a canonização de Frei Bartolomeu dos Mártires sem a necessidade de um novo milagre atribuído à intercessão do futuro santo português, num processo que é denominado como canonização equipolente.

Frei Bartolomeu dos Mártires, de seu nome Bartolomeu Fernandes, nasceu em Lisboa a 3 de  maio de 1514, foi arcebispo de Braga numa ocasião em que a arquidiocese incluía os territórios das dioceses de Braga, Bragança, Vila Real e Viana do Castelo, cidade onde faleceu a 16 de Julho de 1590 e onde está sepultado.

Na sequência da decisão do Papa não haverá uma cerimónia de canonização, mas uma celebração onde vai ser lido o Decreto que inscreve Frei Bartolomeu dos Mártires no Livro dos Santos, que vai acontecer no dia 10 de novembro, em Braga, refere a Arquidiocese de Braga.

“O Presidente da República conta estar presente na cerimónia que se realiza em Braga no próximo dia 10 de novembro”, refere a mensagem de Marcelo Rebelo de Sousa.

PR

Partilhar:
Share