Gondomar, 14 set 2019 (Ecclesia) – Os Franciscanos Capuchinhos promovem hoje um encontro nacional de jovens – ‘J-CAP’19’, com o tema ‘Ninguém nos pode roubar a esperança’, entre as 08h30 e as 18h00, no seu seminário em Gondomar, na Diocese do Porto.

“É uma preocupação que os jovens estejam connosco, sejam corresponsabilizados na nossa missão, partilhem connosco e partilhemos com eles o nosso carisma Franciscano e Capuchinho”, disse à Agência ECCLESIA o superior provincial dos Franciscanos Capuchinhos em Portugal.

Frei Fernando Alberto Cabecinhas explica que essa “preocupação” surge na sequência do Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens, realizado em outubro de 2018, e quando a Igreja Católica em Portugal está a preparar a próxima edição internacional da Jornada Mundial da Juventude que se realiza em Lisboa, em 2022.

“Esperamos ver esta força jovem que precisamos para partilhar o nosso carisma; levar a Palavra de Deus ao coração de muitas pessoas e também os possamos corresponsabilizar sempre mais naquilo que é a nossa missão que queremos que seja partilhada com os fiéis e, particularmente, com os jovens”, desenvolveu.

O frade capuchinho contextualiza que pretendem reunir os jovens de cada uma das fraternidades – Barcelos, Porto, Gondomar, Lisboa e Baixa da Banheira (Diocese de Setúbal) – e “tentar que se possam enriquecer-se mutuamente, trocar experiências, e ir criando laços que os leve a gostar de estar juntos e fazer coisas juntos”.

Frei Fernando Alberto Cabecinhas assinalou que os jovens e que prepararam o encontro ‘ninguém nos pode roubar a esperança’.

província portuguesa dos Capuchinhos foi criada há 50 anos, a 29 de junho de 1969, quando já tinham fraternidades em Barcelos, Porto, Gondomar, Fátima, Lisboa e Coimbra, e esta ordem religiosa Franciscana surgiu em 1525.

CB/OC

Partilhar:
Share