Fátima, 03 set 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional de Liturgia dinamizou um encontro do Curso de Música Litúrgica que reuniu 38 alunos dos cursos para salmistas, organistas e diretores de coro de dioceses portuguesas e dois estudantes da Suíça.

“Quem na Igreja se serve da música para fazer espetáculo é como quem se exalta. Esse será humilhado porque a sua oração não subiu ao céu, porque a música na Igreja é oração”, disse o diretor do SNL, o padre Pedro Ferreira, na homilia da Eucaristia que encerrou o primeiro encontro de estudo do 2.º ano do sexto Curso Nacional de Música Litúrgica.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, o Secretariado Nacional de Liturgia explica que o curso pretende preparar os agentes da música da Igreja para o “correto exercício do seu ministério litúrgico”, nomeadamente organistas, salmistas e diretores de coro e assembleia.

Os 38 alunos estiveram acompanhados por 13 professores e a organização desta o workshop de Canto gregoriano, orientado pelo professor Christoph Hoenerlage – catedrático da cadeira de Canto Gregoriano da Escola Superior de Música Sacra de Regensburg, Alemanha) – onde também participaram 16 alunos externos a esta edição do Curso de Música Litúrgica.

Os trabalhos da formação, de 22 a 31 de agosto, decorreram em Fátima, na Domus Carmeli, e contaram com a colaboração da firma Serafim Jerónimo, de Braga, que disponibilizou os órgãos.

Esta iniciativa realiza-se desde agosto de 1991 e é promovida pelo Serviço Nacional de Música Sacra, departamento do Secretariado Nacional de Liturgia.

CB

Partilhar:
Share