Conferência Episcopal Portuguesa sublinha «grande modelo para a renovação da Igreja»

Lisboa, 06 jul 2019 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) saudou hoje com “enorme alegria” o anúncio do Vaticano relacionado com a aprovação da canonização de D. Frei Bartolomeu dos Mártires.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, assinada pelo porta-voz da CEP, o padre Manuel Barbosa, os bispos portugueses destacam D. Frei Bartolomeu dos Mártires como um “grande modelo para a renovação da Igreja”.

Os responsáveis católicos recordam ainda a nota pastoral que a CEP publicou a 1 de maio de 2014, por ocasião dos 500 anos do nascimento (1514-1590) do antigo bispo da região que comprendia as atuais dioceses de Bragança-Miranda, Braga, Viana do Castelo e Vila Real.

No documento, os bispos portugueses realçavam que realçam que D. Frei Bartolomeu dos Mártires, “tendo vivido em tempos de uma enorme crise epocal, dentro e fora da Igreja, pode e deve ser visto como testemunha” para se acreditar que “a evangelização e as reformas na Igreja não só são necessárias como possíveis”.

“A sua vida e obra transpiram aquele dinamismo missionário sem fronteiras”, referiam os responsáveis católicos, num texto onde sublinhavam ainda que o novo santo português integrava o grupo de pessoas “que, pelos princípios e valores que pautaram as suas vidas, são permanentes modelos de referência de todos os tempos”.

Este sábado, na sequência da promulgação por parte do Papa Francisco do decreto para a canonização de Frei Bartolomeu dos Mártires, a CEP retoma a referida nota pastoral como algo que “vale a pena reler”, a par de uma outra nota pastoral dedicada à beatificação do antigo bispo, em 2001.

Dois textos que “remetem para a vida e o vasto trabalho pastoral de Bartolomeu dos Mártires e para os seus preciosos escritos que, pela permanente atualidade, contribuem para a renovação da pastoral evangelizadora da Igreja hoje, em particular neste Ano Missionário que está a ser celebrado em Portugal”, referem ainda os bispos portugueses.

No próximo dia 18 de julho celebra-se a memória litúrgica do agora São Frei Bartolomeu dos Mártires.

Uma ocasião que a CEP espera que seja “propícia para uma grande ação de graças em todas as comunidades cristãs pelo anúncio da sua canonização”.

JCP

(atualizada às 16h14)

Partilhar:
Share