Fátima, 08 jul 2019 (Ecclesia) – A União das Associações dos Antigos Alunos dos Seminários Portugueses (UASP) envia hoje um grupo de dez missionários, durante 13 dias, para uma missão no Sumbe, em Angola.

“Vamos viver o dia a dia da Missão do Gungo, na cidade e nas montanhas”, realça o presidente da direção da UASP sobre a iniciativa até 20 de julho.

Na nota enviada à Agência ECCLESIA, o padre Armindo Janeiro informa que os dez missionários, durante treze dias, vão participar nos diversos trabalhos da missão, “executando algumas tarefas de apoio à comunidade” e vão visitar “locais de maior interesse histórico e religioso, ambiental e paisagístico”.

A União das Associações dos Antigos Alunos dos Seminários Portugueses explica que a quinta etapa do projeto ‘Por Mares dantes navegados’ vai ter como ponto central a Missão do Gungo, “fruto de uma geminação” entre as Dioceses de Leiria-Fátima e do Sumbe.

A organização contextualiza que esta etapa está a desenvolver-se sob “o espírito do Mês e do Ano Missionário”, proclamados pelo Papa Francisco e pela Conferência Episcopal Portuguesa, respetivamente, com o intuito de “renovar o compromisso missionário da Igreja”.

A origem do projeto ‘Por mares dantes navegados’ foi marcada pela proclamação do ‘Ano da Fé’, pelo agora Papa emérito Bento XVI através da carta apostólica ‘Porta Fidei’, vivido entre outubro de 2012 e novembro de 2013.

O presidente da direção da UASP recorda que cada uma das etapas do projeto já permitiu aos missionários contatarem com comunidades de diversas dioceses em Cabo Verde, na Guiné Bissau, em São Tomé e Príncipe e na Madeira (Diocese do Funchal).

A União das Associações dos Antigos Alunos dos Seminários Portugueses é uma pessoa jurídica canónica privada que foi fundada em 17 de setembro de 2011 e ereta pela Conferência Episcopal Portuguesa a 23 de outubro de 2012.

CB

Partilhar:
Share