«Maria levantou-se e partiu apressadamente» é o mote para a primeira edição em Portugal do maior encontro católico de jovens

Porto, 31 out 2019 (Ecclesia) – O bispo do Porto disse que todas as dioceses de Portugal são chamadas a colaborar na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2022, que se vai realizar em Lisboa, na mais recente reunião do Conselho Diocesano de Pastoral.

Citado pelo jornal diocesano ‘Voz Portucalense’, D. Manuel Linda assinalou que o Porto vai ter uma especial responsabilidade no acolhimento dos jovens nas pré-jornadas, pela sua dimensão, por ter um aeroporto e pelo grande afluxo de turistas.

O bispo referiu que é necessário uma grande mobilização e sensibilização de todos os jovens e das famílias e pediu aos conselheiros que apresentassem propostas para que se proporcione uma grande mobilização e participação, divulga o ‘Voz Portucalense’.

O diretor adjunto do Secretariado Diocesano da Juventude, padre André Machado, indicou que todos os agentes de pastoral devem estar envolvidos e como esperam muitos jovens no Porto, as paróquias têm de ser informadas, motivadas e preparadas, sendo sugerida a criação de uma comissão de preparação a nível paroquial, vicarial e diocesano.

O encontro na Casa Diocesana de Vilar, a 26 de outubro, contou a participação dos três bispos auxiliares e os quatro grupos de reflexão apresentaram várias sugestões para o encontro mundial de jovens em Lisboa, como a necessidade de um itinerário formativo com catequeses profundas, de outros materiais de formação e a criação de uma rede de divulgação e sensibilização.

A preparação da JMJ 2022 pode ser uma oportunidade para a criação dos Conselhos Vicariais de Pastoral Juvenil e inserção dos jovens nos Conselhos Paroquiais de Pastoral e nos próximos dois anos, 2020 e 2021, nas Jornadas Diocesanas da Juventude os jovens sejam acolhidos nas paroquiais.

Foi sugerido que a jornada não coincida com a época dos exames, que tenham uma dimensão ecuménica e de diálogo com os não crentes, e que nas pré-jornadas se apresente a história da cultura cristã do Porto.

Na última sexta-feira, o Comité Organizador Local da JMJ Lisboa lançou o concurso para o hino e a imagem gráfica (logotipo) para a primeira edição em Portugal do maior encontro católico de jovens e foi inaugurada a sua sede no Mosteiro de São Vicente de Fora.

‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ é o tema da JMJ 2022, anunciou o Papa Francisco no dia 22 de junho.

  1. Manuel Linda adiantou que a segunda reunião do Conselho Diocesano de Pastoral vai ser sobre a programação do ano pastoral 2020/2021 e a terceira para avaliar este ano 2019/2020.

CB/OC

Partilhar:
Share