Obra é da responsabilidade do Cabido Portucalense, com direção técnica da DRCN

Porto, 12 nov 2021 (Ecclesia) – As obras de reabilitação da capela-mor da Sé do Porto, iniciadas em abril, permitiram a confirmação da existência de pinturas murais em toda a abóbada, refere uma nota enviada hoje à Agência ECCLESIA.

“A equipa de investigação das universidades do Porto e do Minho analisa agora a hipótese de estas pinturas poderem estar integradas no programa decorativo concebido no século XVIII por Nicolau Nasoni para este espaço”, indica a Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN).

A intervenção, orçada em 1 milhão de euros, tem vindo a ser acompanhadas pela equipa técnica da DRCN; a obra é da responsabilidade do Cabido Portucalense, com direção técnica da DRCN, visando a resolução de problemas estruturais e a limpeza e tratamento das paredes exteriores.

A Sé do Porto, que antes do período pandémico, recebia uma média de 30 mil visitantes por mês, está classificada como Monumento Nacional desde 1910 e é propriedade do Estado Português, estando afeta à Direção Regional da Cultura Norte.

Esta catedral é um edifício de estrutura romano-gótica, dos séc. XII e XIII, tendo sofrido grandes remodelações no período barroco (séc. XVII-XVIII).

OC

Porto: Intervenção na Catedral vai renovar altar-mor (c/vídeo)

Partilhar:
Share