Jovens que constituem os 22 Comités Organizadores Vicariais tomaram posse

 

Porto, 25 out 2021 (Ecclesia) – A Diocese do Porto promoveu o encontro “Porto de Partida”, que marcou a tomada de posse dos 22 Comités Organizadores Vicariais (COV) para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023.

A atividade decorreu na Casa Diocesana de Vilar, na sexta-feira e sábado, organizada pelo Comité Organizador Diocesano (COD) e animado pelos padres Jorge Nunes e André Machado, contando com a apresentação do novo site do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil (SDPJ).

Nestas sessões esteve presente o bispo do Porto, D. Manuel Linda, acompanhado pelos bispos auxiliares, D. Pio Alves e D. Vitorino Soares, e o padre Filipe Diniz, diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil.

D. Manuel Linda lembrou S. João Paulo II, o Papa que criou as Jornadas Mundiais da Juventude, e uma das suas frases mais marcantes, para desafiar os jovens do Porto: “Não tenhais medo”.

O COD do Porto lançou um vídeo para assinalar o arranque da preparação rumo à JMJ 2023, destacando a peregrinação dos símbolos da JMJ, cruz peregrina e ícone mariano, na diocese, em outubro de 2022, e as pré-jornadas, em julho de 2023, quando o Porto vai acolher vários participantes internacionais no maior evento juvenil promovido pela Igreja Católica.

A próxima edição internacional da Jornada Mundial da Juventude vai decorrer em Lisboa, entre 1 e 6 de agosto de 2023, na primeira vez que Portugal acolhe a iniciativa.

O programa vai incluir catequeses e iniciativas culturais na cidade, antes dos encontros conclusivos sob a presidência do Papa, na zona do Parque Tejo, junto ao espaço que acolheu a Expo’98.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

OC

 

Partilhar:
Share