Jornada Diocesana da Juventude de Lisboa, em formato online, reuniu mais de mil participantes

Lisboa, 22 mar 2021 (Ecclesia) – O cardeal-patriarca de Lisboa participou este domingo na Jornada Diocesana da Juventude (JDJ), que reuniu mais de mil jovens, de forma digital, convidando as novas gerações a chegar aos outros, apesar do distanciamento social.

“Há sempre maneira de chegarmos ao coração dos outros”, referiu D. Manuel Clemente, pedindo aos participantes para seguirem o exemplo “da compaixão” de Jesus.

Na sua catequese, o responsável apelou aos jovens para não passarem pelos problemas “sem se compadecerem”.

Nesta intervenção que se inseriu no itinerário ‘Rise up’, no contexto de preparação para a Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023, o cardeal-patriarca sublinhou que os jovens devem “compartilhar esse Jesus que em cada um se repercute neste ‘hoje’ constante que nunca mais acaba”.

“Se somos tocados por esta caridade, por esta compaixão, aproximemo-nos e não fiquemos de fora, a olhar de longe”, porque “não há nada mais triste do que uma pessoa ficar fechada em si mesmo, no seu egoísmo, no seu egocentrismo”, disse.

Só somos pessoas na medida em que saímos de nós para irmos ao encontro dos outros”.

Nesta iniciativa, organizada pelo Serviço da Juventude do Patriarcado de Lisboa e que teve como tema ‘Levanta-te e vive’, D. Manuel Clemente lembrou que “já só faltam 27 meses” para Lisboa receber o encontro internacional de jovens promovido pela Igreja Católica, no verão de 2023, o que acontece pela primeira vez em território português.

No do evento online, o patriarca de Lisboa anunciou que a próxima edição da JDJ vai decorrer ainda este ano, a 21 de novembro, solenidade de Cristo-Rei, a nova data indicada pelo Papa Francisco.

“Esperemos que já nos possamos encontrar presencialmente”, desejou D. Manuel Clemente.

O diretor do Serviço da Juventude, João Clemente, indicou que o local escolhido será Queluz, retomando assim os trabalhos já desenvolvidos pela organização para a JDJ de 2020 e que foi cancelada devido à pandemia.

LFS/OC

Partilhar:
Share