Lisboa, 28 mai 2021 (Ecclesia) – Faleceu esta quinta-feira o padre Manuel Ferreira de Sá, da Sociedade Missionária da Boa Nova SMBN, aos 91 anos, realizando-se hoje o funeral, em Cucujães.

Natural do concelho de Ovar, na Diocese do Porto, Manuel Ferreira de Sá entrou no Seminário das Missões de Tomar com 12 anos e, após ter feito o percurso de formação nos seminários de Cernache e Cucujães, foi ordenado padre em Cucujães, no dia 29 de junho de 1956.

“Dedicou toda a sua vida à Missão em Moçambique, para onde foi enviado em agosto de 1956, um mês depois da ordenação. Fez a primeira experiência em Mecutamala e Murrupula. Em 1973 fez um ano de atualização na Universidade de Salamanca e voltou a Moçambique em 1974”, refere um comunicado enviado à Agência ECCLESIA pela Sociedade Missionária da Boa Nova.

Nacala, Angoche, Nametil e Seminário da Matola, onde foi  diretor espiritual, foram locais da missão do padre Manuel Ferreira de Sá, em Moçambique, até ao ano 2000, quando teve de teve de passar longos períodos em Portugal, por causa problemas de saúde.

A SMBN acrescenta que o padre Manuel Sá “eegressou definitivamente a Portugal em 2007 e foi internado no Lar de Santa Teresinha de Cucujães, onde conseguiu controlar a saúde e residiu até 26 de maio de 2021, quando faleceu”

“O sorriso nos lábios era a sua marca registada, superando a realidade dura que enfrentou: convivência com diferentes povos e religiões numa das áreas mais islamizadas de Moçambique; restrições e perseguições durante a guerra civil; sofrimento por doenças (surdez, diabetes e infeções) que se prolongaram por muitos anos. Resistia sem um lamento”, afirma a SMBN.

Entre as caraterísticas do missionário agora falecido, a SMBN destaca a “disponibilidade para os outros”, “prontidão para servir nas comunidades por onde passou”, “ouvia pouco mas devorava livros”.

“Agradecemos às responsáveis e a todas as servidoras do Lar de Santa Teresinha que o acompanharam, controlando dificuldades e doenças por mais de 10 anos. Que o Senhor torne o seu sorriso ainda mais brilhante e atraia para a Missão a Graça e as pessoas que aproximarão de Deus aqueles que estão mais longe”, conclui o comunicado da SMBN.

PR

Partilhar:
Share