Lisboa, 26 jan 2018 (Ecclesia) – Os Missionários da Boa Nova informam que o padre Alberto da Fonseca Prata faleceu esta quarta-feira, aos 86 anos, e o seu funeral celebra-se hoje pelas 10h30, em Cucujães.

O sacerdote que faleceu no Hospital de Santa Maria da Feira e vivia num lar, recentemente, deixou um testemunho: “Sinto-me feliz pela vida missionária; Agora custa-me muito este silêncio do Lar”.

O padre Alberto da Fonseca Prata nasceu em Videmonte, na Diocese da Guarda, e frequentou os seminários da Sociedade Missionária Boa Nova.

Missionário em Moçambique, Diocese de Nampula, o sacerdote trabalhou em várias missões – Iulúti, em Murrupula, Nametil, Nampula e Nacala – e também conviveu com outros missionários como em Angoche, recorda o padre Armando Soares, que esteve na antiga região portuguesa durante 13 anos.

“Homem de carácter muito respeitador e respeitado pelos seus alunos que nela viam um modelo de atenção aos seus problemas”, testemunha o padre Alberto da Fonseca Prata, antigo aluno do falecido sacerdote.

A ‘Boa Nova’ é uma Sociedade Missionária de padres e irmãos que foi fundada em Portugal em 1930 pelo Papa Pio XI, o Papa das Missões, com o nome de Sociedade Portuguesa das Missões Católica Ultramarinas.

CB/OC

Partilhar:
Share