«Maravilha visual e devocional» atrai muitos visitantes

Foto: Diocese de Leiria-Fátima

Leiria 21 jul 2020 (ECCLESIA) – A aldeia do Reguengo do Fetal (Diocese de Leiria-Fátima) acolhe todos os anos duas “procissões ancestrais”, intervaladas por sete dias, em que a localidade é iluminada por azeite colocado nas cascas de caracóis.

Nestas procissões noturnas, a imagem de Nossa Senhora do Fetal é transportada ao longo de cerca de 800 metros, num percurso “iluminado por cascas de caracóis com um pavio e o azeite a servir de combustível”, explica à Agência ECCLESIA António Joaquim Neto, elemento da Comissão Paroquial do Reguengo do Fetal (Concelho da Batalha).

O convidado de hoje nas Conversas na ECCLESIA, sobre ‘O Sagrado e as Gentes’, fala numa “autêntica maravilha visual e devocional” para quem participa.

Ao todo são utilizadas “cerca de doze mil cascas de caracóis, seis mil metros de pavio e 500 litros de azeite” para iluminar a localidade, salientou António Joaquim Neto.

FetalA comunidade envolve-se, “ao longo de seis meses”, nos preparativos da procissão e nascem “obras de arte” através da luz e das cascas dos caracóis, porque a energia elétrica nos períodos em que as procissões se realizam é cortada.

A imagem da Senhora do Fetal é transportada em ombros, do Santuário de Nossa Senhora do Fetal à Igreja Matriz da aldeia, regressando sete dias depois, ao local de partida.

A preparação das cascas de caracóis utilizadas nas procissões envolve o trabalho voluntário de muitas pessoas da aldeia de Reguengo do Fetal, compreendendo desde as crianças do Jardim de Infância, Rancho Folclórico, Grupos de Catequese e os utentes do Lar da Terceira Idade, acrescentou António Joaquim Neto.

Ao longo do mês de julho, de segunda a sexta-feira, a Agência ECCLESIA divulga um lugar onde “O Sagrado e as Gentes” se cruza, seja vivência de festas e romarias, na preservação do património ou na divulgação de tradições e culturas religiosas, nomeadamente as que se encontram entre as finalistas às 7 maravilhas da cultura popular.

LFS

 

Partilhar:
Share