Padre Isaac Achi foi atingido por incêndio na residência paroquial

Foto: Vatican News

Lisboa, 16 jan 2023 (Ecclesia) – O sacerdote nigeriano Isaac Achi morreu este domingo, atingido por um incêndio na sua residência paroquial em Kafin-Koro, centro do país africano, em consequência de um ataque de homens armados.

A residência dos sacerdotes da paróquia de São Pedro e São Paulo ficou em ruínas, “queimada até ao chão”, refere em mensagem enviada à Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) o chanceler da diocese, Padre Amanchukwu Emeka.

O ataque, que teve início “às primeiras horas de domingo”, provocou não só a morte do padre Isaac mas também ferimentos no seu coadjutor, padre Collins Omeh, que “foi baleado mas que está a responder bem aos tratamentos”, acrescenta a mensagem.

Segundo o portal de notícias do Vaticano, ‘Vatican News’, o chefe de relações públicas da polícia do Estado, Wasiu Abiodun, declarou que “os bandidos tentaram entrar na residência, mas não conseguiram, e atearam fogo na casa, e o sacerdote morreu carbonizado”.

A Paróquia de São Pedro e São Paulo, na localidade de Kafin-Koro, situa-se a meio caminho entre as cidades de Minna e Abuja, a capital, na região central da Nigéria.

A fundação AIS refere que a comunidade cristã “tem sido particularmente atacada nos últimos anos na Nigéria” e, em 2022, quatro padres foram assassinados e 28 foram vítimas de sequestro.

OC

Partilhar:
Share