«10 Milhões de Estrelas» chega à 20ª edição

Lisboa, 23 nov 2022 (Ecclesia) – A responsável pela Comunicação da Cáritas Portuguesa disse à Agência ECCLESIA que a iniciativa ‘10 Milhões de Estrelas – Um gesto pela Paz’ tem chegado “a muita gente” e de “vários quadrantes”, no gesto “simples de acender uma vela”.

“Simbolicamente, na noite de Natal existe esta adesão pessoal das pessoas se comprometerem com a paz”, explicou Márcia Carvalho.

Na sua 20ª edição, a campanha solidária de Natal mantém a sua atualidade, porque tem no centro “a esperança e a paz”.

“A campanha reforça a ação da Cáritas em Portugal e também a nível internacional”, indicou a entrevistada do Programa ECCLESIA emitido hoje na RTP2.

Através da aquisição de uma vela, com o valor de 2 euros, as pessoas podem ajudar as cáritas diocesanas e também um projeto internacional.

A vela pode ser adquirida junto de uma das 20 Cáritas Diocesanas, nas paróquias aderentes, numa cadeia nacional de supermercados e, este ano, também através da Associação Nacional das Farmácias.

As velas podem também ser adquiridas através do portal da Cáritas Portuguesa.

“Para as instituições diocesanas ficam 80% das verbas angariadas e os restantes 20% são aplicados, através da Cáritas Portuguesa”, em projetos relacionados com as alterações climáticas “nos países lusófonos”, acentuou Márcia Carvalho.

A responsável recorda, em particular, as “muitas pessoas” que estão a sentir “os impactos das alterações climáticas” nos vários continentes.

A campanha tem um parceiro comercial que ajuda na distribuição e que a iniciativa seja uma “proposta transversal toda a população”.

Quanto à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que se realiza em Lisboa, de 01 a 06 de agosto de 2023, a Cáritas Portuguesa pretende sensibilizar os jovens para as “dinâmicas solidárias”.

A Operação ‘10 Milhões de Estrelas – Um Gesto pela Paz’ nasceu em França, primeiro numa única diocese, em 1984, com dois objetivos: sensibilizar para os valores da paz como vivência cristã do Natal e a ajuda financeira para uma causa concreta num país em dificuldades.

Em 1991 transformou-se numa campanha da Cáritas Francesa (Secours Catholique) e em 2002 estendeu-se à Europa.

Em Portugal, nasceu em 2003 e desde essa altura apoiou já diversos projetos através da ação da rede das Cáritas Diocesanas, 15 projetos de emergência internacional e três de emergência nacional.

PR/LFS/OC

Partilhar:
Share