30 mil metros quadrados e mais de 90 cenários albergam centenas de participantes

Braga, 23 dez 2012 (Ecclesia) – A Paróquia de São Tiago de Priscos, da Arquidiocese de Braga, organiza a partir de hoje um presépio ao vivo, com 600 a 800 participantes, procurando centrar o Natal dos portugueses na figura de Jesus.

“É um espaço com cerca de 30 mil metros quadrados de ocupação e com mais de 90 cenários, com referência às culturas egípcia, judaica, romana, assíria, grega e babilónica”, refere um comunicado da organização enviado à Agência ECCLESIA.

A cerimónia de inauguração vai contar com a presença do cardeal Manuel Monteiro de Castro (natural da diocese bracarense), penitenciário-mor da Santa Sé, como representante Bento de XVI, o qual “trará uma bênção apostólica do Santo Padre”, refere a nota.

As construções são feitas com “paixão e inteligência” pelos habitantes de Priscos que oferecem o seu tempo, habilidades e competências para reviver o nascimento de Jesus.

Uma das “grandes novidades” deste ano é a «Praça dos Povos», que quer “evocar união dos povos” visto que a história recente se carcterizou por “uma sucessão acelerada de ruturas, que criaram o mundo de incertezas e de receios em que vivemos atualmente”, assinalam os promotores da iniciativa.

Uma outra novidade são os «Rostos de fé», da Diocese de Braga, que apresentam testemunhos de pessoas que “não tiveram vergonha de acreditar na gruta de Belém e nomeadamente em Jesus Cristo: São Martinho de Dume, São Frutuoso, São Geraldo, Beata Alexandrina de Balasar, Pe. Abílio Correia, Frei Bernardo Vasconcelos e D. António Barroso”.

Este presépio, apresentado como o maior do género na Europa, pode ser visitado até ao dia 6 de janeiro.

LFS/OC

Partilhar:
Share