Estima-se que haja 250 mil deslocados internos das comunidades atacadas pelos insurgentes

Braga, 11 Set 2020 (Ecclesia) – O Centro Missionário da Arquidiocese de Braga (CMAB), juntamente com um conjunto de organizações parceiras, resolveu juntar-se à campanha «Juntos por Cabo Delgado», uma região de Moçambique atacada por rebeldes.

“Estima-se que atualmente haja cerca de 250.000 deslocados internos das zonas/comunidades atacadas pelos insurgentes no norte da província de Cabo Delgado”, lê-se num comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Estes encontram-se “dispersos por toda a província de Cabo Delgado e províncias vizinhas, mas também num campo de deslocados internos, em Metuge, a cerca de 40 km da cidade de Pemba”.

Perante tal situação, e tendo em consideração as diversas manifestações de interesse para contribuições por parte de pessoas de boa vontade em Portugal, na Europa e no Brasil, a Arquidiocese de Braga, através do CMAB, resolveu juntar-se à campanha “Juntos por Cabo Delgado”, lançada em julho pela Diocese de Pemba (que corresponde geograficamente com a Província de Cabo Delgado), em parceria com as Cáritas Diocesanas de Moçambique e a Universidade Católica de Moçambique.

Os parceiros desta campanha em Portugal são a Cáritas Portuguesa, Fashion Education One Work, Infância Missionária de Balasar, LIAM, Leigos Boa Nova, Associação Regina Mundi, Missionários Combonianos, Missionários do Espírito Santo, Missão (A)mares, Mosaico, Mundo Posible, O melhor de nós, Rosto Solidário e Sociedade Missionária da Boa Nova.

A Diocese de Pemba e o seu responsável direto, o bispo D. Luiz Fernando Lisboa, em colaboração com a Cáritas Diocesana de Pemba e com organizações locais e internacionais, estão a trabalhar com estas comunidades e pessoas.

As contribuições serão geridas pela Diocese de Pemba para o que esta considerar mais premente, nomeadamente “na formação de ativistas em apoio psicossocial para trabalhar com os deslocados com maiores traumas; no apoio ao campo de refugiados de Metuge com alimentos, esteiras (camas), agasalhos; no apoio às famílias e comunidades que acolhem famílias de deslocados”, realça a nota.

O Centro Missionário da Arquidiocese de Braga é o organismo da Igreja de Braga que promove e coordena a formação, animação e cooperação missionárias.

Uma das dimensões de trabalho do CMAB é a coordenação dos termos do acordo de cooperação missionária, assinado por dez anos, da Diocese de Braga com a Diocese de Pemba-Moçambique (projeto “Salama”).

LFS

Partilhar:
Share