Lamego, 09 nov 2013 (Ecclesia) – Os animadores missionários foram esta sexta-feira desafiados a ajudar a Igreja a passar do “inverno à primavera” e da “manutenção à missão”.

A Assembleia dos ANIMAG, que congrega os institutos missionários ad gentes, reuniu, em Lamego, entre os dias 5 e 8 de novembro, 50 participantes, onde foram recordadas propostas do Papa Francisco que apontam para uma “Igreja pobre, simples, próxima das pessoas e presente nas periferias e margens”, refere um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O presidente dos Institutos Missionários Ad Gentes, o padre António Fernandes, pediu aos animadores um trabalho “dinâmico” capaz de influenciar a ação “missionária da Igreja em Portugal”.

Os participantes assinalaram ainda, em Aguiar da Beira, os sete anos do “martírio da Idalina Gomes, a primeira leiga missionária portuguesa”, morta na missão de Fonte Boa em Moçambique, juntamente com o padre Valdir, jesuíta brasileiro, numa homenagem junto da família da jovem.

LS

Partilhar:
Share