Porto, 04 Mai 2020 (ECCLESIA) – O padre José Alves de Sá Fernandes, Missionário da Boa Noca, faleceu a 30 de abril deste ano sendo sepultado em Paramos (Espinho – Diocese do Porto), sua terra natal, no dia 02 de maio.

Nascido a 19 de janeiro de 1938, o padre José Alves de Sá Fernandes estudou nos seminários da Sociedade Missionária em Tomar, Cernache do Bonjardim e Cucujães, aprofundando, a cada ano, a caminhada para o sacerdócio como estudante e também como formador em Tomar (1961).

Recebeu a ordenação presbiteral em Cucujães em 23 de julho de 1962 e foi nomeado para as missões de Nampula, Moçambique, onde viveu até 1981.

Em 1974 foi eleito Assistente Regional de Nampula e como responsável pela missão, sofreu “o trauma das nacionalizações: terras, escolas, posto de saúde, casa paroquial e contas bancárias”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O padre José Alves regressou definitivamente a Portugal em 1981 e foi nomeado Administrador das Publicações e Obras de Cooperação Missionária (1982 a 1992).

Sofreu um AVC em 2015, mas conseguiu recuperar “muitas funções humanas, mas ficou incapacitado para trabalhar”.

Viveu, desde então, no Lar de Santa Terezinha que ele tinha fundado.

Faleceu às 16h00 do dia 30 de abril de 2020 quando estava tranquilamente sentado a ver televisão.

LFS

Partilhar:
Share