Assembleia anual dos Animadores Missionários Ad Gentes Os animadores missionários Ad Gentes (ANIMAG) estiveram reunidos, em Lisboa, de 4 a 7 de Novembro, na sua assembleia anual. Uma actividade que congregou cerca de 40 elementos das grandes famílias missionárias, “para avaliar o passado e programar o futuro” no sentido de dar “comunhão á animação missionária que os institutos fazem em Portugal” – disse à Agência ECCLESIA o Pe. Tony Neves, porta-voz dos ANIMAG. Este ano, a assembleia anual dos ANIMAG reflectiu também sobre a “Missão na Europa” e mais concretamente “a Missão na cidade” visto que Lisboa foi uma das cidades que aderiu “ao projecto da Nova Evangelização em várias cidades europeias”. Como está na linha da missão, os Institutos Missionários acharam o “tema interessante e mobilizador”. No fundo foi um “carregar de baterias” – especificou o Pe. Tony Neves. Momentos de formação que tiveram como intervenientes o Pe. Victor Feytor Pinto e o Pe. Armando Duarte que relataram as “experiência na Paróquia do Campo Grande e na Unidade da Pastoral Baixa Chiado, duas situações muito citadinas” e o Pe. Valentim Gonçalves e a Irmã Maria Manuel que apresentaram “experiências de periferia”. Conferências que mostraram uma cidade com “muitos rostos” e partes “muitos distintas” – disse o Porta Voz dos ANIMAG. E acrescenta: “prioridades diferentes mas integradas na grande Lisboa”. A partilha das experiências feitas, do Norte ao Algarve, ao nível de animação missionária foi outro ponto da assembleia anual dos ANIMAG. “Semanas Missionárias, visitas a dezenas de escolas, Páscoa Missionária” – foram algumas dessas iniciativas. Em relação ao Outubro Missionário, o Pe. Tony Neves frisa “que grande parte das paróquias portuguesas tomaram a sério o Guião e a celebração de uma vigília”. Para o próximo ano “teremos semanas missionárias em Loures, Torres Vedras, Braga, Porto e Marinha Grande”. A Páscoa Missionária Jovem “será no Algarve” –conclui.

Partilhar:
Share