D. Nuno Brás presidiu à Missa de Quarta-feira de Cinzas

Funchal, Madeira, 26 fev 2020 (Ecclesia) – O bispo do Funchal, D. Nuno Brás, presidiu hoje à Missa Quarta-feira de Cinzas, pedindo que o tempo da Quaresma seja marcado pela “reconciliação”.

“A reconciliação com Deus é o primeiro passo para nos reconciliarmos com todos”, disse o prelado, durante a homilia que proferiu na catedral diocesana.

O responsável católico desafiou todos os católicos a assumir a sua fé, na sua vida diária.

“És batizado: procura viver como tal. Estás reconciliado com Deus: vive como filho de Deus; procura ser sempre presença de Cristo. Estás reconciliado com toda a criação: respeita e defende tudo quanto foi colocado à tua disposição para viveres”, indicou, numa intervenção enviada à Agência ECCLESIA.

O bispo do Funchal realçou que o tempo de preparação para a Páscoa deve marcar uma transformação da vida, inspirada na figura de Cristo.

“O dom de Deus tem um nome. Chama-se Jesus de Nazaré. Ele é o protótipo de toda a história. Em Jesus se resume toda a criação, e nele se resume toda a salvação”, afirmou.

OC

Funchal: Diocese apoia projeto para acolher sem-abrigo no centro da cidade

Partilhar:
Share