Foto: Agência ECCLESIA/CB

Lisboa, 15 nov 2022 (Ecclesia) – O Grupo de jovens do Comité Organizador Paroquial (COP) da JMJ de São Pedro e São João do Estoril, Patriarcado de Lisboa, restaurou “um muro velho do lado de fora da paróquia e deu-lhe uma nova vida, com uma pintura inspirada na citação bíblica escolhida pelo Papa Francisco como lema para a JMJ Lisboa 2023 – «Maria levantou-se e partiu apressadamente» (Lc 1, 39)”.

A concretização deste mural é resultado do trabalho em equipa e esforço dos jovens da paróquia, que começou durante o verão e culminou, com a inauguração oficial no dia 11 de novembro, dia de São Martinho, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

Na placa da inauguração pode ler-se o que a pintura representa e o seu significado, fazendo também referência ao tema da JMJ Lisboa 2023 como fonte de “inspiração para a criação deste mural”.

Foto: Júlia Silva | JMJ Lisboa 2023

Luís Pape e Alexandra Faria, jovens do COP de São Pedro e São João do Estoril, revelaram que a pintura de murais “não é uma novidade” para eles, sendo até uma espécie de “imagem de marca” dos jovens da paróquia, pois a cada projeto de voluntariado desenvolvido, é habitual criarem um mural como recordação.

No entanto, a ideia de pintar este mural foi também motivada pela vontade de mostrar o que é a Jornada para quem está fora da paróquia.

Foram precisas cerca de 30 pessoas para a criação deste mural, entre crianças e jovens do COP, que ajudaram na recuperação do mural, pintura e em todo o processo criativo.

LFS

Partilhar:
Share