Lisboa, 20 fev 2020 (Ecclesia) – O Movimento da Mensagem de Fátima promove um «Tríduo de Oração», entre hoje e sábado, 22 de fevereiro, em Lisboa.

O Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, recebe hoje o início das celebrações que assinalam o centenário da vidente de Fátima, na Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA

A partir das 15h00, no hospital onde a pastorinha viria a morrer, em 1920, está prevista uma conferência e, às 16h30, a Eucaristia que será presidida pelo Cardeal-Patriarca de Lisboa D. Manuel Clemente.

Esta sexta-feira, as celebrações prosseguem na igreja dos Anjos, às 17h30, com a Oração do Rosário, seguida de Missa.

No dia 22 de fevereiro, sábado, pelas 14h00, na Estrela, está prevista a visita ao quarto onde esteve Santa Jacinta, no atual Mosteiro das Irmãs Clarissas e, às 15h30, decorre a oração do Rosário na Capela dos Milagres.

No sábado, último dia do “Tríduo de Oração”, o cardeal-patriarca de Lisboa preside à Missa, às 16h30, na Basílica da Estrela.

Jacinta de Jesus Marto morreu a 20 de fevereiro de 1920, com nove anos e era a filha mais nova de Manuel Pedro Marto e de sua esposa Olímpia de Jesus dos Santos.

A mais jovem santa não-mártir na história da Igreja Católica foi batizada na igreja paroquial de Fátima no dia 19 de março de 1910; Foi canonizada pelo Papa Francisco a 13 de maio de 2017, e beatificada pelo Papa São João Paulo II dia 13 de maio de 2000.

A 1 de maio de 1951, os seus restos mortais foram trasladados para a Basílica de Nossa Senhora do Rosário, no Santuário de Fátima, e a mais jovem santa não-mártir na história da Igreja Católica foi canonizada em 2017.

Até sexta-feira, pelas 22h45, o programa ECCLESIA na Antena 1 conversa com a postuladora da Causa de Canonização de Francisco e Jacinta Marto.

LFS

Partilhar:
Share