D. Rui Valério presidiu a Missa na Capela de Nossa Senhora da Saúde, em novo ano sem procissão por causa das restrições sanitárias

Lisboa, 10 mai 2021 (Ecclesia) – O bispo das Forças Armadas e de Segurança presidiu este domingo à Missa na Capela de Nossa Senhora da Saúde, saudando os “gestos de serviço” que se multiplicaram na pandemia.

“Hoje estamos aqui para agradecer, reconhecidos a proteção de Nossa Senhora da Saúde, que se materializou em muitos gestos de serviço, em muitas palavras de conforto, em muito sentido de responsabilidade”, referiu D. Rui Valério, na homilia da Missa a que presidiu, com transmissão televisiva.

Este foi o segundo ano consecutivo sem a realização da mais antiga procissão da cidade, que assinala o fim do surto de peste que assolou Lisboa no século XVI.

D. Rui Valério recordou a celebração de 2020, na “simples, mas significativa” capela da capital portuguesa, quando rezou pela proteção de “toda a sociedade”, perante o impacto da Covid-19.

“Ao longo deste ano de pandemia, o mundo tem sido como um barco a enfrentar uma temível tempestade. Têm-se revelado fraquezas, mas também méritos e virtudes. Têm-se revelado fraquezas, mas também méritos e virtudes”, ressaltou.

Têm emergido sobretudo gestos heroicos de serviço e de entrega para socorrer e salvar os irmãos. Mulheres e homens que se tornaram no braço operacional da Senhora da Saúde no meio mundo”.

O bispo das Forças Armadas e de Segurança destacou o “socorro materno” de Nossa Senhora da Saúde, confiando à sua intercessão “todas as pessoas e as famílias das nossas comunidades, sobretudo as que se encontram em situações de maior necessidade”.

“Obrigado, Nossa Senhora da Saúde porque nunca nos privastes de Cristo, nem nunca Ele nos faltou, mas sempre caminhou, sofreu e exultou connosco”, concluiu.

Construída em 1505 pelos artilheiros da cidade, a capela estava situada no exterior das muralhas, tendo por padroeiro São Sebastião; foi o local de intercessão do povo pelo fim da peste, onde se venerou depois a imagem de Nossa Senhora da Saúde.

OC

Partilhar:
Share