Ourém, 29 maio 2018 (Ecclesia) – A Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, em Ourém, promove hoje uma procissão de velas, seguida de evocação dos padroeiros da diocese, a partir das 21h30, entre o Centro de Saúde e a igreja paroquial.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, o pároco Armindo Janeiro explica que vão recitar o rosário pelos “habitantes e serviços” ali sediados, recordar as famílias da paróquia e aqueles que mais precisam de oração, “não esquecendo as maiores necessidades do país e as grandes causas da Igreja e do Mundo”.

Após a procissão de velas, vão evocar os padroeiros diocesanos – Santo Agostinho e Nossa Senhora do Rosário de Fátima – e dar “graças a Deus pelo caminho percorrido”, por “entre luzes e sombras”, no testemunho do Evangelho, no serviço aos irmãos e na vivência da Fé, pelas diversas comunidades que a constituem.

Os textos e cânticos da manifestação religiosa pelas ruas de Ourém vão ser interpretados pelo Coral Cantado CS Ourém.

Segundo o padre Armindo Janeiro, da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, vai ser “mais uma bela ocasião” para os fiéis associarem-se às celebrações do Centenário da Restauração da Diocese de Leiria, a 17 de janeiro de 1918.

O bispado de Leiria está a celebrar o centenário da sua restauração, a 17 de janeiro de 1918, depois de ter sido extinta em 1882 por motivos políticos; A Bula ‘Quo vehementius’ foi assinada pelo Papa Bento XV.

A Diocese de Leiria foi criada pelo Papa Paulo II, a pedido do rei D. João III, a 22 de maio de 1545.

A 13 de maio de 1984, por decreto da Santa Sé, recebeu a atual denominação de ‘Diocese de Leiria-Fátima’.

CB/OC

Partilhar:
Share